Com o objetivo de reforçar a capacidade de diagnóstico e de seguimento das crianças afetadas pela Síndrome Congénita do Zika, incluindo a microcefalia e outras deficiências, a UNICEF realizou a entrega de equipamentos (um Eletroencefalograma e um Equipamento para medição das otoemissões acústicas) ao Ministério da Saúde e da Segurança Social. O ato de entrega teve lugar, hoje dia 27 de fevereiro, na sala de reuniões Dr. Dario Dantas dos Reis - Hospital Agostinho Neto.

“Este apoio está enquadrado na cooperação entre as NU e o MSSS, em reforçar a resposta da epidemia zika, com a preocupação em reforçar e melhorar o acompanhamento das crianças que nascem com deficiências neurológicas” explicou a coordenadora residente das Nações Unidas, Dra. Ulrika Richardson. De acordo com a coordenadora, numa visão holística e muito integrada as agencias das NU tem vindo a apoiar em várias áreas designadamente “a OMS que tem trabalhado diretamente com o ministério na questão do reforço institucional e na assistência técnica e a UNICEF com questões relacionadas com as crianças.

Dessa forma, ao adquirir os equipamentos o hospital estará melhor preparado para receber periodicamente crianças com microcefalia para avaliação explica o Diretor do Hospital Dr. Agostinho Neto, Dr, Júlio Andrade, “é importante criar mecanismo de acompanhamento e é por isso que esses equipamentos são relevantes”. “evidentemente é preciso ainda investir em outras áreas nomeadamente a oftalmologia, a psicologia e a genecologia” “com estas outras valências “o hospital poderá fazer uma abordagem integral das crianças e da família” enquadrado no programa do ministério para o acompanhamento das crianças com microcefalia, completou Dr. Júlio Barros.

Para, o Ministro da Saúde e da Segurança Social, Dr. Arlindo do Rosário, este apoio consiste no reforço da capacidade de diagnóstico e de seguimento das crianças afetadas pelo Zika, incluindo a microcefalia e outras deficiências. “há todo um trabalho a desenvolver e nós iremos continuar a contar com o apoio das NU”, por outro lado aproveita a ocasião para salientar que “é importante continuar trabalhar na luta antivetorial , e isso só será possível com uma ação forte e coordenada a nível das delegacias de saúde e dos hospitais no diagnostico precoce de eventuais situações relacionadas com arboviroses” acrescenta o ministro.

IMG 4242

Ministério da Saúde e da Segurança Social

 
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
 
Direitos de autor © 2017 Ministerio da Saúde e da Segurança Social. Todos os direitos reservados.