O Ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário, presidiu esta quarta-feira, a sessão evocativa realizada pela Associação de Promoção da Saúde Mental - A Ponte, no âmbito do Dia Mundial da Saúde Mental - que se celebra no dia 10 de outubro, este ano assinalado sob o lema “Saúde Mental dos jovens num mundo em mudança”.

 No seu discurso, Arlindo do Rosário fez referência de que este tema é relevante sublinhando que a adolescência e a juventude apresentarem “diversas particularidades e desafios próprios dessa fase da vida”.

Entretanto aponta como uma das maiores dificuldades, “o convencimento das pessoas que transtornos mentais em adolescentes são reais e não apenas dramas juvenis”, e falou da prevenção que começa pelo conhecimento e compreensão dos primeiros sinais e sintomas que alertam para uma doença mental.

O ministro salientou ainda que Cabo Verde “tem a vantagem comparativa de ter uma política para a saúde mental e estar na posse dos instrumentos necessários a efetivação dessa política”. Contudo, explica que “os dados epidemiológicos sobre a saúde mental, monstra -nos que há motivos para reforçar a atenção a esta problemática”.

Destacou ainda que a política para este sector em Cabo Verde apresenta uma visão holística do problema e que preconiza estratégias que privilegiam a descentralização, a equidade, a redução de assimetrias regionais, a multisectorialidade e a pluridisciplinaridade.

Dia Mundial da Saude Mental

Ministério da Saúde e da Segurança Social

 
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
 
Direitos de autor © 2018 Ministerio da Saúde e da Segurança Social. Todos os direitos reservados.