O Ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, está confiante de que o Orçamento de Estado para o ano económico de 2018 irá espelhar a vontade política do Governo em concretizar importantes projetos e programas no setor da Saúde.

“Cabo Verde tem dado grande prioridade ao setor da Saúde, dentro dos seus recursos disponíveis. Tanto é que, ao longo dos tempos, registamos um aumento gradual do financiamento para o setor, no quadro o Orçamento do Estado, por isso, acredito que o OE para 2018 poderá também mostrar essa vontade política do Governo, e assim concretizarmos os grandes projetos e programas que temos em carteira, no quadro do Programa do Governo”, referiu Arlindo do Rosário, na sequência da arbitragem política para a elaboração do OE 2018, com o Ministro das Fianças, Olavo Correia, que teve lugar no final do dia de ontem.

Neste encontro, Arlindo do Rosário realçou o reforço à segurança sanitária no país como umas das principais preocupações, “por ser fundamental para outros setores-chave do desenvolvimento do país, nomeadamente o turismo”. Neste sentido, o Governante sublinhou que deverá haver um investimento forte neste domínio.

A formação especializada e a formação contínua dos recursos humanos, as infraestruturas de saúde constituem outras grandes prioridades do Ministério para o ano de 2018. “Há a necessidade de melhorar em termos de recursos humanos a nível das várias estruturas, mas também é preciso melhorar a nível das infraestruturas e os sistemas de informação. Quer dizer, há um conjunto de trabalho, de pilares importantes a qualquer sistema de saúde, que precisam ser reforçados principalmente a nível financeiro”, refere Arlindo do Rosário.

foto OE2018

Ministério da Saúde e da Segurança Social

 
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
 
Direitos de autor © 2017 Ministerio da Saúde e da Segurança Social. Todos os direitos reservados.