Img nav

São instituições de saúde do nível de Atenção Primária, consideradas extensões periféricas dos CS, que estão a cargo dum Agente Sanitário de Base.

Estrutura física

Tratando-se duma estrutura sanitária pouco complexa, local duma intervenção básica, pode-se definir como um programa tipo da infra-estrutura (edifício), sem prejuízo de poder ser adaptado durante a sua aplicação:

Uma área de 75 m2, a que se deve ajuntar uma área de expansão, comportando:

  • uma sala (consultório) sobretudo para apoiar as visitas itinerantes;
  • uma sala para atendimento do ASB, tratamentos e injecções;
  • uma área de serviços;
  • um espaço aberto para eventuais encontros com a população ou servir de espaço de espera quando há aglomerados como durante as deslocações.
  • São programados para servir uma população, em princípio, até 3000 habitantes. Para comunidades com população abaixo dos 500 habitantes, deve-se estudar soluções alternativas à edificação de USB e à colocação dum ASB, como funcionário a tempo inteiro.
  • A implantação das USB deve garantir que, pelo menos, 75% da população servida habite a uma distância de até 1/2 hora de percurso, procurando que no limite máximo, não ultrapasse 1 hora (67% a menos de ½ hora; 11% a mais de 1 hora).

Quadro do pessoal

As USB funcionam com apenas um ASB que tem entre as suas tarefas garantir a limpeza do edifício.
No entanto, preconiza-se que passe a haver uma maior ligação entre os ASB e outros agentes voluntários com actuação local - parteiras tradicionais, representantes RVO, socorristas, etc.- para uma maior rentabilização do trabalho comunitário e uma melhor utilização das instalações das USB.

Conteúdo funcional (Prestações)

As Unidades Sanitárias garantem um atendimento básico à população, quer pelo Agente Sanitário quer pelas visitas itinerantes de supervisão e intervenção do enfermeiro e da equipes do Centro de Saúde que deslocam com uma periodicidade regular. Assim têm, fundamentalmente três funções:

  • Local de atendimento suporte das visitas itinerantes - visita médica, acompanhada, em princípio, de técnicos de farmácia para aviamento dos medicamentos; de enfermeiro; da equipa de PMI;
  • Atendimento básico pelo ASB aí colocado:
  • Atendimento das situações mais correntes com prestação dos primeiros socorros, aplicação de esquemas terapêuticos ou triagem para as visitas itinerantes;
  • Seguimento dos portadores de doenças crónicas, mediante protocolos de tratamento;
  • Realização de tratamentos - curativos simples; suturas simples; drenagem de abcesso; feridas infectadas; injecções intramusculares e intravenosas; rehidratação oral; vigilância de casos de desidratação - e esterilização material;
  • Actividades de PMI/PF - Promoção do aleitamento materno; vigilância do crescimento e desenvolvimento das crianças; vacinação;
  • Seguimento do pré-natal e de PF
  • Promoção de hábitos e estilos de vida saudáveis
  • Actividades de vigilância à saúde e ao meio ambiente - visitas domiciliárias; vigilância do meio (luta anti-larvar); vigilância da água (Tratamento com cloro)
  • Local de encontros com a população.

Ministério da Saúde e da Segurança Social

 
Palácio do Governo
Praia
Ilha de Santiago Cabo Verde
 
 
Direitos de autor © 2017 Ministerio da Saúde e da Segurança Social. Todos os direitos reservados.